Imagens para Pensar!

Imagens para Pensar!

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Dois Pesos e Duas Medidas!

Vendo parte da Entrevista de Roberto Baggio para o Esporte Espetacular deste Domingo, pudemos perceber que ele apesar de ter errado o último pênalti pela Itália e dando o título daquele mundial para o Brasil não mudou em nada em como os italianos o vêem.
Craque, e grande batedor de faltas de pênaltis, Baggio era camisa 10 da Itália, e chegou até a jogar junto com Dunga na Fiorentina da Itália, clube que já foi defendido por Felipe Melo, e hoje tem o brasileiro Keirrison. Fã de Romário, confessou ter trocado camisa com o craque brasileiro após o jogo acontecido nos Estados Unidos, e brincou: "Acho que o Senna foi quem puxou aquela bola pra cima!".
Baggio confessou que a perda da Copa de 1994 o deixou muito e triste: "Estava muito e mal, e não havia nada nem ninguém que pudesse me consolar, podiam dizer o que fosse!", declarou indagado pelo repórter sobre se algum brasileiro prestou solidariedade após a final.
O Julgamento feito pelos italianos foi certo: "Nunca uma só pessoa me parou me dizendo que fui culpado pela perda da Copa!". Do outro lado vemos uma situação bem parecida. Roberto Carlos, Copa de 2006.
Jogo contra a França, cobrança de falta peita por Zidane, e convertida por Henry para a derrota e eliminação brasileira do mundial onde o Brasil era tida como a melhor seleção da história para alguns.
Henry estava sozinho na cara do gol, e pelo julgamento de algumas pessoas, que sempre querem achar um culpado, quem deveria estar marcando o atacante francês era o lateral Roberto Carlos, porém, o 'meia-dúzia' brasileiro estava na entrada da área, 'arrumando as meias'.
Foi caso de muita discussão, e muitos julgaram Roberto como o culpado pela eliminação de 2006.
Veja só que diferença de tratamento. Para muito Roberto é o melhor lateral da era moderna, jogando as últimas 3 copas pela seleção, porém alguns mancham excessivamente o lateral por um suposto erro. Ninguém por exemplo fala da zaga brasileira, apatia de Ronaldo em campo, falta de pulso para tirar Kaká de campo em meio a ele estar machucado, ou as inexistentes saídas de Dida do gol, parece até estar colado em baixo das traves.
Enquanto Baggio, é reverenciado pelo craque que foi, Roberto é tido como culpado por um lance em que era apenas um 'coadjuvante', enquanto Baggio era o 'principal' do pênalti de 1994.
É hora de revermos alguns conceitos de julgamento. Enquanto estamos do lado de quem julga é muito fácil e cômodo. Porém, quando estamos do outro lado é muito difícil. Por isso devemos pesar antes de culpar alguém. Mesmo que ele tenha culpa comprovada, o que não é o caso de Roberto. Que aliás deveria ser convocado ao invés do 'fraco' Michel Bastos.

Vejam também a série de posts que começa nessa semana sobre os injustiçados e super-valorizados na seleção de Dunga!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...